3 de abril de 2012

Como as águias




Toda vez que ouvimos que devemos agir como as águias, logo vem em nossa mente: pensar alto, agir com foco, ter visão estratégica, etc. Porém não é disso que vamos falar hoje. Como texto principal vamos meditar em Sl 103:5 "quem farta de bens a tua velhice, de sorte que tua mocidade se renova como a da águia". Quando escreveu este salmo Davi, seu autor, já devia ter entre 60 e 70 anos, não era mais aquele menino que matou Golias, mas sim o grande rei de Israel que tinha conquistado tudo o que um Judeu daquela época desejava conquistar, e era grato ao Senhor e feliz por isso (ver sl 103 cap completo). Porém apesar de já ter conquistado tudo, não se sentia cansado, sua mente e seu coração ainda eram o daquele garoto pastor de ovelhas e mesmo que seu corpo não acompanhasse sua mente a sua disposição de realizar permanecia intacta. E por quê isso acontecia? A resposta está no texto principal mencionado acima, o segredo está nas águias, na renovação da juventude. Mas como isso se dá? você me pergunta. Ao estudarmos o ciclo de vida das águias percebemos que apesar de ser uma ave, a águia tem uma expectativa de vida muito semelhante a nossa, vive entre 70 e 80 anos em média. O mais interessante entretano é que na metade do seu ciclo de vida entre 35 e 40 ocorre uma RENOVAÇÃO em sua vida. Seu bico já está encurvado demais para ingerir alimentos, suas penas estão desgastadas para o vôo e suas garras demasiadamente grandes para segurar suas presas. Neste período a ave retira-se para uma encosta rochosa e começa o processo de renovação. Ela bate o bico contra as rochas durante dias até que ele caia. Depois de semanas nasce um novo bico forte e afiado com o qual ela arranca todas as penas e garras de seu corpo. O processo é doloroso, mas depois de aproximadamente 6 meses, com novas garras, bico e plumagem, ela está pronta para alçar o vôo da renovação. Note a dificuldade dessa renovação que tarefa hercúlea, imagine-se arrancando suas unhas e sua pele para que você se renove. Porém esse mesmo sacrifício nos é incumbido para nossa renovação espiritual, assim como as águias não é fácil nos destituirmos dos nossos costumes antigos, controlarmos nosso "bico", afim de que se proceda somente o bem, não se esqueça do que nos disse o nosso Senhor em Mt 12:36 "Digo-vos que de toda palavra frívola que proferirem os homens, dela darão conta no Dia do juízo", assim também devemos nos concentrar na renovação do nosso corpo, através da renovação pela Palavra de Deus. Por fim devemos cuidar de nossas mãos, pois tudo o que fazemos de bom ou mau é através dela que o fazemos (Mt 5:30 18:8 Mc 9:43). Irmãos como visto nesse estudo, a renovação não é fácil, mas é primordial em nossa vida para que nossa fé continue firme, viva e eficaz. Medite nessa palavra, peça renovação ao Senhor e seja feliz em nome de Jesus. A paz do Senhor

Nenhum comentário: